Primeira experiência ( Lésbico )




Olá, me chamo Eduarda tenho 17 anos vou contar da minha primeira experiência
sou paraense, gosto de sair com as amigas.
Sempre tive vários namorados mais nunca me senti realmente atraída por eles , namorava por namora.
Estou no terceiro ano , um dia chegou uma novata na minha sala
Ate então era indiferente não me sentia atraída por mulheres
Mais ela era realmente muito bonita
1,70 branquinha dos cabelos negros escuros dos olhos cor de mel.
O ano foi passando é a gente se tornando cada vez mais amiga
Ela dormia em minha casa eu dormia na dela. Ate que então comecei a treinar mais forte para o campeonato de handebol e tive que malhar pra ter uma corpo mais resistente sou loira 1,68 peso 64 quilos.
Então tivemos que nos afastar um pouco, mais todos meus treinos ela ia ver , eu não sabia por que aquilo não era a praia dela. Comecei a reparar que ela me olhava diferente com muita mais intensidade quando me machucava nos treinos ela se desesperava é sempre cuidava de mim coisa que nenhuma amiga tinha feito antes.
No ultimo jogo acabei tomando uma porrada durante o jogo por ser ponta direita foi jogar para o gol colocaram o pé na minha frente bate a cabeça é desmaiei, acordei no hospital com ela segurando minha mão é com a cabeça toda enfaixada é tive que passar a noite no hospital em observação. Ela passou a noite comigo, era exatamente 2:00 da manhã quando escutei ela chorar é disse :
- Mila o que que ta acontecendo ? / deita aqui comigo – arredei deixando um espaço para ela –.
Quanto mais ela chegava perto de mim mais ela chorava, eu naquela situação não sabia o que fazer apesar não podia nem mi mexer direito. Mais foi quando ela disse:
- Preciso conversar com você muito serio Carol... Não to suportando isso mais .
Eu assustada com a situação esperei ela deitar e virar para mim, quando ela se deitou e olhou pra mim olhou diretamente pra meus lábios, fexou os olhos e começou a chorar mais ainda.
Ai eu perguntei :
- Mila o que ta rolando com você amiga você não é assim.
Ai ela segurou meu rosto com um tom mais alto de disse
- Você realmente quer que te fala ? tem certeza
Eu respondi :
- Com toda certeza
Ela olhou e disse :
-È por que e difícil pra mim beijar meu namorado pensado em você , e difícil pra mim não poder te tocar falar o quanto eu ti quero de verdade é difícil pra mim ver que não é só eu que sinto isso por você mais sim varias meninas do seu time, é você enxergar isso! você não enxerga que o que eu mais quero é dormi é acorda do seu lado , eu te amo Carol te amo como nunca amei ninguém , nunca senti isso por mulher nenhuma só por você.
Eu a tampei a boca é a beijei um beijo como nunca senti antes ela correspondeu com todo seu amor.
Parei de beijar e fechei o olho nos duas nos acariciando ater pegarmos no sono no hospital.
Quando acordei no dia seguinte ela não estava lá. o medico me deus alta é eu fui para a casa descansar passou dois dias é voltei a facu
Todo mundo perguntando se estava bem coisas so tipo – sendo que eu so queria ver Mila na quele momento não intendia por que mais queria vê-la. Acabou a aula eu estava indo em direção a meu carro quando a vi escorada nele, lhe dei um abraça dizendo que estava com saudade dela ela retribuiu. Ate então não rolou mais aquele assunto do hospital.
Nos aviamos combinado de ir a cachoeira nos duas na quele fim de semana , com meu acidente ela achou que desistira mais eu não desistir e nos fomo a cachoeira , que era linda lugar paradisíaco.
Chegando la estendia um lançou para deitar de baixo de uma arvore em uma gramadinho que avia la so avisa nos duas.
Mila virou e disse:
- Carol vamos entrar na agua agora né ?
eu olhei pra ela com uma cara de preguiça já deitada no lençol
ela virou e disse :
- tudo bem eu vou mais não demoro – com um olhar muito diferente-
tirei a roupa cm estava de bikine é deitei olhando para o céu
quando olhei pra frente Mila com seu corpo lindo deslumbrante 1000 vezes ,aos bunito que o meu olhando pra mim com cara de desejo com o corto todo molhado.
Me senti excitada mais não demonstrei por ainda não estar certa do que eu queria no momento.
Milaa virou e disse :
-Caaarou eu vou pular em você pode ? to toda molhada
antes de poder responder ela já pulou é nos começamos a riir muito
derepente ela se encostou toda no meu corpo toda molhada ( aquilo mi exitava muito ) chegou ate perto do meu rosto enquanto eu passava a mão no cabelo dela ela olhando pra mim é me beijou um beijo sem igual
começou a bejar meu pescoço em quanto eu passava a unha nas suas costas ela gemia mi dizendo :
- te quero mi faz sua mulher te quero
quando ela mi falou isso eu enlouqueci so com as palavras e falei
- é isso que você quer ? então você vai ser minha so minha!
Comecei a tirar seu biquíni tirei a parte de cima seus biquinhos estavam duros eu lambi chupei passando a língua circular, chupando eu sentia seu porto arrepiando em cima do meu eu quis lhe dar mais prazer, virei estando agora encima dela

Ela gemia falando :
Mi chupa por favor eu quero sentir isso eu quero te sentir eu ti amo
Nisso eu gozava so dela falar ai eu fui descendo beijava seu boca linda seu pescoço, descia ate os seios beijava mamava eles é ela gemendo cada vez mais alto o tanto que mi desejava lambia sua barriga ate chegar no umbigo descia mordia de vagar sua virilha nem parecia ser minha primeira vez com uma mulher chegando na sua vagina ela começou a gemer muito alto eu parei olhei pra os lados para ver se avisa alguém olhando é volteii a lambela lambi de vagar so por cima ela si retorcia e gozava na minha boca ate que enfiei um dedinho e fazia movimentos vai e vem com muita presa ela ela gozar novamente em minha mão eu lambi os dedos lhe deu uhm beijo e voltei a sua vagina com todo vapor ,, chupei com mais força abrir ela penetrei minha linguei fazia vários movimentos de todas as formas possíveis ate ela se desfalecer em um gozo intenso como eu nunca tinha visto nem imaginava que seria capaz de fazer.
Ela mi puxou ficou rosando em mim falando que foi a melhor transa da vida dela é queria mais é mais é mais.
Cochilamos um pouco pra recompor nadamos brincamos mais um pouco é voltamos para a cidade quando a deixei em casa ela falou que mi amava mais de tudo no mundo é voltou a chorar dizendo que mi amava é que queria assumir isso pra todos
No outro dia chegamos na facu de mãos dadas e assumimos a todos no meu time todas as meninas aceitaram ( algumas dão em cima de mim ) mais eu amo a milaa.
Depois da cachoreira aconteceu no elevador no carro é muito mais cada vez melhor

Postar um comentário

Designed by OddThemes | Distributed by Gooyaabi Templates