Amiga da minhas amigas (Lésbico)



Oi, vou contar um relato de uma menina de 25 anos chamada Camila. Bom como disse meu nome é Camila, tenho 25 anos, sou do tipo miudinha, magrinha e peituda. Pra vcs terem uma idéia meu sutien é 42, e eu tenho 1,56m de altura, 46kg, então podem ter noção de como meus peitos se sobressaem em mim...rsss. Eu queria ter mais bunda, mas como sou magrinha minha bundinha é pequenina, bem redondinha, bunitinha, mas pequena.
Bom, tem uma menina lá na escola chamada Julia, ela vive falando pra minhas amigas que quer ficar comigo, ela não é exatamente minha amiga, ela é amiga da Renata e da Izabeli, que não desgrudam de mim, somos unha e carne as 3, a Julia acaba vindo no pacote...rsss A Julia gosta de ficar com meninas, já ficou com a Iza e já beijou a Renata na boca e vive falando pra elas que quer me pegar, ficar comigo, eu nunca liguei pra isso.
Um domingo convidei a Iza e a Rê pra ir lá em casa matar tempo, comer pipoca, ver filme, conversar... e a Julia veio no pacote...rsss. Passamos a tarde falando bobagem, comendo bobagem, vendo filme e escutando musica, lá pelas tantas a Iza que é mais safadinha falou:
IZA -> Julia, e agora não vai querer pegar a Camila, tá só a gente aqui no quarto, vc já ficou comigo, vc já beijou a Rê, tá na hora de vc pegar a Camila.
JULIA -> HUMMM, tá a fim Camila, quer experimentar ficar comigo?
CAMILA -> Hááá, para né meninas, vcs sabem que não curto, nem vem com essa
IZA -> Qualé Camila, vai, só um selinho pra ver se rola, se não rolar para...
JULIA -> Vamo Camila vem cá só um beijinho pra sentir o clima...
CAMILA -> Há não meninas, para com isso...
E saí do quarto e fui pra sala, a Rê veio atrás de mim e as duas demoraram um pouco mas vieram em seguida e pediram desculpas, ficou um clima tenso alguns minutos, mas logo estavamos todas soltas e rindo a toa de novo.
Aí quando deu umas 5:00hs. a mãe da Rê veio buscar ela e levou a Iza junto porque elas moram perto, o pacote(a Julia)...rsss ficou lá em casa porque a mãe dela só viria pegar ela as 7:00hs. a Iza quando se despediu de mim falou no meu ouvido,
IZA -> enfim sós...rsss aproveita amiga.
CAMILA -> para boba, sabe que eu não gosto!
Aí fomos pro meu quarto eu e a Julia, ver o facebook. Peguei meu note-book e sentamos na cama uma do lado da outra com as costas na cabeceira, começamos a olhar o face rindo das fotos de uma e outra, vendo os gatinhos, e comentando, nem percebi ela se chegando em mim. Quando dei por mim ela tava encostadinha no meu corpo, gostei.
Em seguida ela me falou,
JULIA -> Camila, sobre aquilo de antes, desculpa tá, mas é que eu tenho mesmo tesão em voce, sou mór fissurada em seus seios, sua boca, voce tem um jeitinho que me encanta, vivo falando com as meninas que quero ficar com voce, porque quero mesmo, tenho um sentimento em voce Camila.
CAMILA -> Para Julia, voce sabe que eu não acho certo ficar com meninas, sei que vc já ficou com a Iza, já beijou a RÊ na boca, não ligo, isso não muda elas nem voce são todas minhas amigas sempre, mas eu não quero ficar com voce.
Quando comecei a falar isso eu tava olhando a tela do note-book, conforme eu ia falando eu ia me virando pro lado dela, quando acabei de falar eu tava olhando nos olhos dela e face a face, bem pertinho, vi que ela encheu o olho de água. Ela levou a mão por trás de mim, subiu em meio aos meus cabelos, até chegar ao meu ombro, deslizou a mão lentamente pelo ombro até meu pescoço, fazendo um carinho, um silencio, as duas olhando no olho da outra, ela com o olho cheio dágua foi repousando a cabeça no meu ombro se aconchegando no meu pescoço, senti a umidade da lágrima dela na minha pele.
Senti a respiração quente dela em meu pescoço e perto da minha orelha, arrepiei todinha nesse momento, ela achou meu ponto fraco, aquele carinho no pescoço, na nuca, nos cabelos, aquela respiração quente atrás da minha orelha, eu fiquei arrepiadíssima, e ela percebeu.
Foi me acariciando e sentindo eu me soltar, e foi tirando a cabeça de meu ombro e voltou a me olhar nos olhos, face a face bem pertinho, eu calada, quando eu quis dizer algo, eu ia sair daquela posição, ela segurou minha cabeça por trás onde já estava com a mão, e beijou minha boca.
Ela me surpreendeu no inicio de uma palavra com a boca aberta, e deu um beijão tão quente, tão molhado, enfiou a lingua em minha boca tão gostoso, que até hoje não lembro o que eu ia dizer pra ela, ela veio por cima do meu corpo me derrubando de costas na cama vindo por cima de mim me beijando com força apertando seus seios nos meus, colocando sua perna no meio das minhas forçando minha buceta, eu fiquei sem ação, entregue à ela.
Ela beijava e lambia meu pescoço entre os beijos na boca e dizia, LINDA, LINDA, TE ADORO CAMILA, eu muda me entregava. Ela arrancou sua camiseta e o sutien e veio novamente beijando a boca, agora eu levei minhas mãos aos seus seios, e senti o calor deles, ela gemeu: HIIISSSSSHHH e mordeu minha orelha lambendo atrás dela... isso me deu uma coisa tão gostosa, sentir a Julia gemendo com meu toque, um tesão foi tomando conta de mim.
Nisso ela puchou meu shortinho com calcinha e tudo até o joelho, e meteu a boca no meu púbis dando uma mordidinha nele... eu olhei a porta e disse:
CAMILA -> A porta Julia, fecha a porta.
Ela correu até a porta passou a chave e se virou pra mim deitada sobre a cama, colocou o indicador na boca e sugou, fazendo carinha de puta, levou o dedo melado de saliva entrou com a mão dentro do seu shortinho e enfiou na buceta, fez uma cara de prazer e trouxe a boca de novo sugando o dedo, olhou pra mim e foi tirando o short. Eu estava ofegante, pelos beijos dela, e pelo tesão do amasso, eu ofegava e esperava ela, que veio peladinha pra cama, se jogou sobre e mim e rolamos na cama nos beijando e nos amassando, eu fui perdendo as peças de roupa e logo estavamos nuas as duas ela me virou de bruços, e deu um tapa em minha bundinha, abriu minhas pernas e enfiou o rosto na minha bunda, empurrando a lingua na minha buceta lambendo o que pode por trás e dando mordidinhas nas polpas da bunda. Em seguida uma surpresa, senti a lingua dela no meu cu... ela lambeu pra cima e de novo pra baixo, então senti as mãos dela abrirem as polpas da minha bunda e a lingua fez a festa no meu cu.
Credo que coisa boa, o que era aquilo, A Julia lambia meu cu como um sorvete e eu me retorcia com a sensação, nisso senti um dedo invadindo minha buceta, então me rolei fiquei de costas pra cama fugindo do dedo dela, ela me olhou assim deitada, e avançou sobre meus seios, a cadela mordeu, chupou, lambeu me deixou vermelha.
eu comecei a tomar atitudes, mordia o pescoço dela, amassava os seios, até que alcancei a buceta, que buceta melada, que quente, que delicia, enchi a mão com a buceta da Julia e logo escorreguei 2 dedos dentro dela, ela gemia muito e me mordia e me amassava, parecia uma tarada nos meus seios. Deitamos as duas de ladinho na cama e uma começou a explorar a buceta da outra em uma siririca deliciosa, sem parar de beijar na boca e apertar os seios um contra
o outro, gozamos assim, ela primeiro, eu uns 2 minutos depois, quando gozei ela se pos a chupar minha buceta, chupava e enfiava a lingua lá dentro, buscando minha porrinha lá dentro.
Ficamos as duas uma fazendo carinho no cabelo da outra e combinamos que ninguem saberia disso, que se a Julia quisesse repetir teria que jurar que ninguem saberia ela concordou e agora a gente transa sempre que pode, tenho um namoradinho, mas não transo com ele, só com a Julia.

Postar um comentário

Designed by OddThemes | Distributed by Gooyaabi Templates