AMIZADE VIRA SEXO ( Lésbico )




ouvindo "Set Fire to the Rain- Adele"...
enfim essa musica tem muito aver com o que eu to vivendo no momento, o meu conto é exatamente isso.
eu conheci uma garota ah um certo tempo atras, na época que eu ainda namorava, achei ela gata e tal's mas nunca tive nada com ela. Ela era ficante de uma amiga... então nem eu, nem ela podíamos fazer nada. Mas de um tempo pra cá, eu comecei a trocar mensagens com ela, fiquei sabendo que ela tinha terminado o namoro e que tava mal - E eu idem - mas enfim...
viramos "amigas" sendo que eu nunca tive a intenção de ter apenas a amizade dela. um certo dia agente saiu com uns amigos, todo mundo tinha ido ver numa competição de sk8 que tava rolando numa praça conhecida.
depois disso, assim que eu sai da rampa, fui direto falar com ela e dei uma exclusiva atenção há ela, depois agente foi comer uma pizza e ainda tava cedo quando todo mundo começou a voltar pras suas casas. eu tava sem nada pra fazer e não queria fazer nada a não ser que fosse ficar com ela.
resumindo... acabou que ficou só eu e ela, e chamei ela pra ir tomar um sorvete antes de ir embora.
agente começou a conversar e no meio da conversa, o papo começou a ficar quente, sem que eu percebesse agente tava praticamente colada uma na outra conversando e rindo flertando, como se nada mais importasse. a conversa tava otima mas eu queria ficar em um lugar mais reservado com ela. enfim a proposta de ir pra minha casa, "quando ela disse que queria que eu emprestasse um livro". ela aceitou, parecia que tava esperando só eu convidar.
quando chegou em casa, tava só minha mãe, eu cheguei apresentei ela como uma amiga e fui direto pro quarto. liguei o som, mostrei alguns livros que eu poderia emprestar pra ela.
eu sentei numa poltrona que tem no meu quarto e ela sentou na cama. agente continou converssando mas pra ser sincera eu tava meio nervosa, eu queria ficar com ela mas era meio que impossivel com a minha mãe em casa.
enfim a minha mãe aparece no quarto dizendo que vai buscar meu irmão na casa da minha tia que logo logo ela tava de volta.
eu sorrir e disse tudo bem (y
-por que você sorriu, quando sua mae falou que ia sair ? - ela perguntou pra mim.
- haaaaa, por que... sei lá, não posso mais sorrir ? - eu sorrir de novo, mas dessa vez por um curto período. ela sorriu depois ficou seria,eu levantei da poltrona e fiquei em pé na frente dela, ela tava tão nervosa que respirava forte.
- você quer realmente saber por que eu sorrir ? - ela se levantou e colou o corpo dela no meu, há poucos centimetros de me beijar.
- quero...- e sorriu.
eu comecei a beija-la. com o corpo dela no meu, como ela é baixinha. "1,58 de altura e eu 1,75" eu praticamente me curvei enquanto beijava aquela boca, doce suave e macia...
fui deitando ela bem de-va-gar na cama, enquanto continuava beijando. ficamos uns 30 minutos só nos beijando, "passava tanta coisa pela minha cabeça, os fetiches que ela disse que tinha, as posições e tido mais" enfim...
ao mesmo tempo que eu á beijava, meu sangue fervia de excitação, minha mão começou a tocar os seios dela ainda por cima da roupa. eu tava em cima dela com minha perna entre as dela. comecei a ficar louca quando vi a minha amiguinha"timida" virar uma garota safada e extremamente gostosa, eu pirei quando ela começou a tirar a minha camisa enquanto eu começa a masturbar ela só no clítoris , e ela gemia "inspirando e respirando sexo". enquanto isso tava tocando a musica da adele- Set Fire to the Rain.
ao mesmo tempo que ela era agressiva na pegada era suave no beijo, eu continuei tirando a roupa dela e ela tirava a minha. ela ficou nua, e eu nem acreditei no que eu via(CARALHO DOIDO, ELA TINHA UMA BUCETA IMENSA). Ela ficou sentada em cima de mim, enquanto me beijava e rebolava, eu tava nua tambem e senti a buceta dela na minha toda meladinha rebolando em cima de mim. eu tava quase pra explodir de tanto tesão e ela gemia muito, parecia que cada vez que rebolava era uma gozada. eu sentei na beira da cama com ela sentada em cima de mim. abracei ela e comecei a penetrar ela com força e rapidez. Eu sentia ela quente e melada por dentro...
ela começou a me arranhar sussurrando no meu ouvido - EU QUERO GOZAR NA TUA BOCA. - krak doido, ela me arranhava, me mordia, puxava meu cabelo pela nuca... e gemia de novo.
era gostosa e fazia sexo parecendo que tava no ritmo de cada musica que tocava... era perfeito.
de repente eu parei do nada, ela me abraçou e dentro de 3 segundos eu ouvir a respiração dela, sentindo cada cantinho do seu corpo colado no meu, sentindo o sangue ferver e o o coração dela bater.
depois ela sorriu pra mim e eu voltei a me deitar com ela na cama, ela de costa pra mim,eu fui passando a mão nas costa dela descendo ate o bunda, fiquei parada com a mão direita masturbando ela e a esquerda abraçando ela e puxando ela pra mais perto de mim. a bunda dela tava precionando muito minha buceta e eu ja tava quase pra gozar. Virei ela de frente pra mim, segurei pela cintura dela e fui trazendo ela pra mim. fui beijando lentamente cada parte do seu corpo, ate chegar na buceta dela "ela soltou um gemido ofegante"
-agora você vai gozar na minha boca, na minha mão, e depois onde mais quiser gozar... -falei isso sorrindo olhando pra ela, e comecei a fazer sexo oral, e quanto mais eu chupava ela mais ela gemia.
voltei passando a lingua em todo o corpo dela, eu ja tava ofegante, cheia de tesão e doidinha pra gozar junto com ela...
Ela abriu as pernas e eu vim subindo ate ficar em cima dela. Minha buceta com a dela. Comecei esfregando e depois continuei apertando meu corpo no dela.
eu abracei ela e começamos a rebolar freneticamente, ela desceu a mão e me masturbou na mesma hora que eu comecei a mastuba ela.
Foi incrivel, quando eu penetrei ela, senti aquele gozo quente na minha mão...
ela gemeu e me arranhou minha costa, depois disso fomos tomar banho e logo quando eu sai do banheiro minha mãe chegou. "que droga pensei"
mas depois dessa vez ainda tive 2 tranzas com ela.
pois é galera eh isso aê...
as outras duas fica pra proxima..
FUI!

Um comentário :

  1. Sou Sonja McDonell, 23, Swiss Airlines Stewardess com 13 cidades ultramarinas, muito concurso com muitas idéias, também em casos de emergência no meu trabalho maravilhoso. Acabei de ler sua longa mensagem. O fato é que algumas meninas têm células em seus cérebros, as chamadas garotas normais não têm e não dependem da religião e dos países. Essas células se tornam ativas na puberdade precoce e são enviadas então e dentro de suas partes sensíveis do corpo. Eles nunca podem ser apagados. Mas muitas vezes não é fácil para as meninas, para realizar seus sonhos lésbicas, quando eles são muito jovens. Quais são seus desejos e experiências?
    Com amor
    sonjamcdonell@yahoo.com

    ResponderExcluir

Designed by OddThemes | Distributed by Gooyaabi Templates