Daddy's Girl




Oi meu nome é Lara acabo de completar 18 aninhos, venho de uma família classe media, minha mãe é Advogada e meu pai é dono de um deposito de construções. O que eu vou contar não aconteceu a muito tempo. Parece mentira mas aconteceu no meio de uma viajem da minha mãe, Ela foi a Minas para um julgamento me deixando com meu pai, acho que ela não via problema pois ele passava muito tempo no deposito. Estou fazendo cursinho pré vestibular e decidi faltar um dia ficando no deposito com meu pai. Não posso me considerar feia sou branca,cabelo preto e liso e olhos verdes, não tenho muita bunda mas  tenho mt peito. Meu pai é um homem bruto mais ou menos 1,90 e mais de 100 kg mas sempre foi doce comigo.
No deposito com pouco movimento ele resolveu beber algumas cervejas, enquanto isso eu arrumava as prateleiras pra ele, nunca fui vergonhosa sempre usei vestidos curtos e decotes, nesse dia estava com uma saia jeans que mais parecia um cinto e uma regatinha. Quando comecei a arrumar as prateleiras mais altas percebi que meu pai me olhava, nesse momento senti uma vontade enorme de me mostrar, eu desci e subia a escadinha e abaixava para pegar as coisas, comecei a ouvir uma risadinha maliciosa vindo do meu pai.
-Lara, acho que vou fechar por hoje, o movimento esta fraco
-Mas ainda ta cedo pai
-Acho que não vem mais ninguém hoje
Enquanto ele fechava a loja eu senti um certo receio mas não me preocupei.
-Lara meu amor continua arrumando as prateleiras meu bebê
-KKKKK Só eu que trabalho aqui né
-Se quiser eu subo ai pra te ajudar
-Não precisa pai kkk
fui arrumando com uma certa malicia
-Nossa minha filha você cresceu tão rapido
-Vcê acha pai?
-Seu corpo é lindo
-KKKKKKKKK nem bumbum eu tenho
Nesse momento me empinei toda deixando ele ver um pedaço da minha calcinha
-ain não faz assim não que eu já to mamado
-kkkk assim? - repiti o movimento
-Desse aqui Lara
desci 
-Senta no me colo
sentei sem falar nada
ele começou a passar a mão no meu cabelo e falar na minha orelha 
-Sabia que uma mulher tão bonita não pode pirrassar um homem assim?
Me arrepiei toda
-Você sabia que pode ter consequências?
com a voz tremula quase gemendo - É e quais seriam?
Ele abriu um sorriso de ponta a ponta e começou a beijar meu pescoço
- Pai oque vc ta fazendo?
-Ah meu amor vou te mostrar as consequências
-Mas você é meu pai
-Mas sou homem
-mas...
_Mas nada meu amor, ninguem vai saber de nada. prometo que vc vai gostar
Ele começou a tirar minha regata e meu sutiam e mamar com muita vontade
eu tentava me livrar, mas era mais de 100 kg contra mim
ele me pegou pela cintura e me colocou em cima do balcão, começou a descer beijando do meu pescoço até meu umbigo
Parei de resistir. Ele foi tirando minha calcinha e lambendo minha xotinha, ain fui ao delirio
ele parava olhava pra mim e falava - que bucetinha mais gostosa
nunca gemi tanto
- Agora meu bebê você vai mamar
-mamar oque papai - fiz me de inocente
Eu estava esperando uma piroca de uns 25 cm mas não era tão grande kkkkkkkkkk engraçado pq nos outros contos sempre era 27 cm kkkkkkkkk Era mais ou menos uns 17 cm, mas ta de joelho vai orar.
Chupei, mas quando vi que ele ia gozar parei olhei pra ele com cara de safada
-Ain papai só você vai gozar?
sorrindo- Não me bebê fica de quatro ai
Me inclinei no balcão
ele começou a meter e brincar com minha xotinha com a mão
-Ain papai meti vai
-Que filhinha gostosa que eu tenho
-Ain fode seu bebezinho vai
-Ain num fala assim meu bem se não eu vou gozar
assim que eu gozei senti os jatos quentes em mim, ain que delicia, tomamos banho no banheiro do deposito e ele me fez prometer nunca contar pra ninguem.
Depois desse dia eu chantageio ele para eu tudo que eu quero, mas em troca eu arrumo as prateleiras  ;D 

Postar um comentário

Designed by OddThemes | Distributed by Gooyaabi Templates