EU E MINHA AMIGA DENISE


Trabalho a 3 anos com minha contadora chefe Denise, ela é que fica no escritório central das minhas lojas aqui no Rio,
recebemos por computador todos os lançamentos das outras lojas e o balanço mensal, e ela é a responsável por fazer o balanço final
mensal do meu grupo de lojas...Denise é casada e já tem 2 filhos, um lindo casal, uma menininha de 2 aninhos e um garoto de 4 anos,
ela tem 33 anos mas mesmo sendo mãe é magra e linda, e os homens dizem que ela é muito gostosa, tou sempre escutando os comentários:
"que mamãe gostosa!!!" e dou um sorriso...sei que os homens falam de mim também, e algumas mulheres tambem!!!
            Sempre notei que Denise me dava olhadas de mulher com desejo por outra mulher, mas como sabia que ela era hétero, e ela
sempre fazia questão de deixar isso bem claro...que ela era bem definida sexualmente e que só gostava de homem!!! por isso não dava
muita atenção e falava sempre sobre trabalho com ela, ou sobre machos pirocudos de pegada forte, coisa que ela gostava e muito!!!
Ficava até meio sem jeito de falar de minhas "amigas" com ela pois pensava que ela não iria se interessar, mas ultimamente foi o
contrário, ela me perguntava se eu estava ficando com outras garotas e coisas assim, e me pedia pra contar com detalhes!!! achava
aquilo meio estranho da parte dela, até que um dia depois de detalhar pra ela uma transa minha com outra mulher, ela suspirou e já
alisando a xaninha por cima da roupa falou: "gostaria de ser eu no lugar dessa mulher!!!" fiquei um pouco impressionada com aquela
reação da parte dela, e por dizer aquilo em voz alta!!! dei um sorriso pra ela e voltamos a trabalhar...
            Passado algum tempo e eu sentindo o maior interesse da Denise em conversar comigo sobre mulher, como é a sensação de 2
mulheres se alisando e se beijando numa cama...coisas assim...até que sentindo o enorme interesse dela cada vez maior, numa tarde
num dia de trabalho, estava sozinha em casa e chamei a Denise pra ir até meu apartamento comigo, disse que seria pra batermos papo
sobre mudanças futuras que gostaria de fazer nas lojas e na contabilidade, mas não queria que ninguém escutasse, portanto seria
melhor conversarmos no meu apto...ela topou e depois do almoço, eram por volta de 2:30 da tarde, nos dirigimos pro meu apto no meu
carro, senti que ela estava muito nervosa me perguntando sobre o que era, pra eu adiantar o assunto, mas senti também que ela tava
muito nervosa pelo fato de ficar sozinha comigo no meu ap...
            Chegamos e parei o carro na garagem e subimos...ela bem nervosa, sentamos na sala e comecei a falar sobre negócios, eu
tava com certo receio de ir direto ao ponto e ela se ofender...mas numa determinada hora resolvi arriscar, falei: "Denisinha, trouxe
vc aqui porque tenho notado seu interesse em transas de 2 mulheres, e sinto seus olhares de desejo por mim, o que vc tem a dizer???"
ela ficou meio sem jeito e foi falando: "então, não tá dando pra disfarçar, sempre fui hétero e sempre fiquei longe de chegar perto
de contato com mulheres, mas desde que fui trabalhar com vc passei a sentir atração por vc, mas ultimamente não tá dando mais pra
disfarçar!!!" eu perguntei na lata: "vc me quer???" ela ficou muda me olhando com um olhar de super desejo e de super vontade, eu
então decidi tomar atitude mais ativa, estávamos sentadas no sofá lado a lado, segurei sua cabeça e me aproximando dei um beijo de
lingua nela, ela me agarrou e era como se toda aquela tesão contida estivesse explodindo naquele momento, nos beijamos por um longo
tempo e fui alisando seus seios por cima da roupa, ela fez o mesmo comigo, paramos de nos beijar e ela falou: "Soninha, nunca senti
tanto tesão na minha vida por uma pessoa como estou agora sentindo por vc!!!" e nos beijamos de novo...nos levantamos e fomos pro
meu quarto de meninas, uma linda cama de casal enorme sob-medida, o quarto é rosinha clarinho e tudo tem detalhes bem femininos, fui
tirando sua roupa e ela foi tirando a minha...ficamos peladinhas e ainda de pé voltamos a nos beijar num abraço bem apertado, fui
deitando Denisinha na cama e nos beijando de novo fui alisando seus seios e biquinhos durinhos, parei de beijar e fui descendo pros
seus lindos seios e biquinhos lindinhos, comecei a lamber e alisar sua xaninha hiper enxarcada de melzinho, só com meu toque de mão
ela já teve seu 1º orgasmo gemendo muito, fui descendo a língua lambendo sua barriguinha e um umbigo até chegar na grutinha delicada
e lindinha da Denise, comecei a lamber de cima em baixo, e ela gemendo alto dizendo: "me chupa Soninha, sou toda sua, me chupa, me faz
gozar na sua linguinha minha querida" e fui chupando o grelinho e ela encolheu as pernas e fui lambendo seu cuzinho e voltei pro seu
grelinho e fui enfiando um dedinho no seu rabinho, ela gemia e se contorcia de tanto tesão, teve 3 ou 4 orgasmos comigo chupando seu
grelinho durinho...parei um pouco pra ela relaxar de tanto gozar e sentir prazer...
            Me deitei do lado dela e ficamos nos beijando e fazendo carinhos uma na outra, então pedi pra ela: "Denisinha, tambem quero
gozar na sua linguinha querida, me chupa gostoso mulher, me lambe todinha, chupa meu grelinho" e ela foi lambendo meus peitinhos e foi
alisando minha bucinha molhadinha, comecei a gemer com os toques dela, Denisinha foi então descendo e começou me dando beijinhos na minha bucetinha, ela então meio sem jeito foi me lambendo devagar de cima em baixo e metendo a linguinha dentro dela pra sugar meu melzinho,
ela então começou a chupar a minha bucetinha, logo pegou o jeito e parecia uma profissional do sexo, como ela me chupou gostoso, tive
2 ou 3 orgasmos seguidos naquela linguinha deliciosa...ela depois se deitou do meu lado e ficamos nos beijando e fazendo carinhos uma
na outra...disse a ela que foi tudo delicioso, pensei em pegar um consolo pra comer ela e ela me comer, mas ela disse que o sonho dela
tinha sido muito melhor do que ela sempre imaginou com outra mulher...ela me disse que ainda adolescente uma colega havia beijado ela
na escola e que a diretora ficou sabendo e chamou seus pais que contaram pra família toda, enfim, ela disse que sempre quis ficar com
outra mulher mas tinha esse trauma da adolescência e só agora conseguiu superar...nos vestimos e voltamos pro trabalho...Denise me
disse que contou pro marido e que ele deu a maior força, só insistiu que ele queria me pegar também.

Postar um comentário

Designed by OddThemes | Distributed by Gooyaabi Templates